Videos

Video
Como trabalha Juarez Machado

1998

Imagens de Juarez Machado em 1998 quando ele esteve em Curitiba montando um painel para o Centreventos Cau Hansen de Joinville.
Video2
Trilha sonora do livro de Juarez Machado

Ida e volta

Trabalho realizado pelos alunos de violão do professor Carlos Alexandre Schrubbe. A atividade consiste em sonorizar o livro sem texto de Juarez Machado intitulado Ida e volta. Tal tarefa compete na aquisição de várias competências musicais para o aluno como: trabalho em grupo, percepção musical, imaginação, improvisação, criatividade, desprendimento entre outras. Estruturamos a cena usando a técnica proposta por Richard Wagner para sonorizar as suas óperas: o leitmotiv -- motivo condutor (tradução). Um acompanhamento ou linha melódica de um personagem da história. A captação e edição são amadoras, porém, serve para mostrar como um trabalho de educação musical pode ser registrado.
Video3
Il picaresco mondo di Juarez Machado

Juarez Machado Nato a Joinville il 16 marzo 1941

Pittore , scultore, disegnatore, fumettista, mimo, disegnatore, scrittore, fotografo ed anche attore. Nel 1954 si trasferisce a Curitiba, dove s'iscrive alla Scuola di Musica e Belle Arti di Paraná . Nel 1964 espone la prima volta con una mostra personale presso la Galleria Cocaco, Curitiba, iniziando una carriera di grande successo. Si trasferisce a Rio de Janeiro nel 1966, dove risiede per venti anni . Attraverso i suoi disegni umoristici viene conosciuto a livello nazionale. Oltre a disegnare e dipingere, ha fatto il mimo, lo scenografo, il graphic designer, l'illustratore e lo scultore. Invece come fumettista conquistò la stampa Brasiliana, per poi avere il programma Fantástico, tramesso dalla TV Globo. Alla fine degli anni '70 si dedica unicamente alla pittura. Viene conosciuto così oltre i confini della sua patria, difatti nel 1978 si reca a New York, Londra ed infine a Parigi, qui nel 1986 si stabilisce ed apre uno proprio studio. Le sue mostre a Rio de Janeiro ed a Joinville comunque rimangono. Nel frattempo riceve numerosi riconoscimenti, sia in Brasile che all'estero. Espone frequentemente negli Stati Uniti ed in Europa.
Video4
Morir de Amor - Charles Aznavour e Compay Segundo

Mourir d'aimer - Charles Aznavour Morir de Amor - Adaptação espanhol: Mérida Voz: Charles Aznavour, Compay Segundo e Hugo Garzón CD: Compay Segundo - Calle Salud

Pinturas de Juarez Machado. Morir de Amor Un mundo cruel me ha condenado Sin compasión me ha sentenciado En cambio no siento temor Morir de amor Y mientras se juzga mi vida No veo más que una salida En contra de mi corazón Morir de amor Morir de amor Es morir solo en la oscuridad Cara a cara con la soledad Sin poder implorar clemencia ni piedad Tú eres la luz y en mí anochece Tu amor es flor, mi amor se ofrece Mi vida no tiene valor Morir de amor Si nuestro amor es invencible Y ante los hombres imposible No tengo otra solución Morir de amor Con frente alta y firme paso He de vencer este fracaso Y simulando mi dolor Morir de amor Morir de amor Como si fuesa mi enfermedad Con la vida tener que pagar Si se da el corazón, por qué se ha de pecar. Adiós al mundo y sus problemas Adiós a aquél que me condena Que queden todos con su error Morir de amor Morir de amor Morir de amor
Video5
Palavra Aberta

Juarez Machado

Video6
Coleção "Juarez Machado - Um Brasileiro em Paris"

O universo sofisticado e excêntrico da obra de Juarez Machado, artista plástico catarinense, serviu como tema de inspiração para a coleção criada pelos alunos da Uniasselvi para a Dalila Têxtil, empresa que atua há mais de17 anos no mercado da moda nacional e que se destaca pela alta qualidade das malhas produzidas. Juarez celebra em sua pintura um hino à mulher sofisticada, colocando a figura feminina como tema central em cenários que remetem a atmosfera noturna, em uma mescla de decadência chic e certo drama elegante. A própria figura do pintor, radicado em Paris, nos remete a um dandismo extravagante, de artista boêmio da Belle Époque, onde a alfaiataria é transposta para o feminino, em experimentações interessantes sobre a malha. Texturas de plush que nos remete a sofisticação do veludo e os drapeados pesados fazem contrastes teatrais, em contraponto a fluidez da camisaria, que aparece guarnecida de detalhes primorosos, em uma profusão de abotoamentos, jabôs, rendas e laços. Do mesmo modo, vestidos longos, enviesados e com decotes profundos, evocam personagens saídos das telas de Juarez, numa reminiscência à alta-costura francesa. Tonalidades de rosa, coral e marinho sugerem as cores da paleta do pintor; listrados em preto e branco remetem a férias passadas e texturas em devorê trazem transparências veladas em vestidos e blusas. A coleção é assinada pelos designers Raphael Scholl e Patrícia Maas, formados pela UNIASSELVI, e carrega em si o olhar exuberante da arte de Juarez Machado, assumindo um caráter de luxo distinto e um ar très parisien, próprio da obra do pintor.
Video7
Drawing With Foot

Juarez Desenhando com o pe drawing with foot

video10
Expo Copacabana

video11
12/12/1992 Copacabana 100 ans G.Debret

video12
1999 Revista Europa 11